A aventura de uma prateada em viagem à Patagônia Argentina

Patagônia Argentina - Marta Pessoa- Mundo Prateado

“A Terra do Fogo esquenta mesmo os corações”, por Marta Pessoa

Sempre fico rica e magra quando viajo. Um milagre produzido pela mudança de ares e pela distância da vida real. Fui à Patagônia Argentina e o milagre se ampliou: desta vez fiquei jovem, além de abonada e esquelética. Fiquei muito jovem. Eu me senti quase adolescente 😊

Fui tomada por uma grande paixão por Ushuaia e seus pinguins. Mas ao conhecer El Calafate e seu imenso glaciar, o Perito Moreno, reconheci a verdadeira paixão. E paixão de gente velha é fogo. Tem potencial dez vezes maior do que as que atacam os jovens.

Nunca tinha me apaixonado por um glaciar – já antes por um vulcão – mas tudo tem a primeira vez. E quando esta primeira vez acontece aos 63 anos de idade é bom não ser contrariada.

Foi amor à primeira vista pelo Perito Moreno. E a paixão exigia proximidade física. Tinha que ir lá, pertinho, tocá-lo, sentir sua presença.

viagem patagonia argentina (3)

A paixão resultou numa história. A aventura de um trekking vivida por uma idosa que descobre e avisa aos seus colegas prateados que os limites podem sempre ser negociados. E que a premência do tempo traz a coragem esquecida lá na juventude e necessária para as grandes loucuras.

Nos meus 20 anos, eu teria rebarbado o trekking no glaciar somente porque podia deixar para depois. Haveria tempo para esperar que o medo de altura e de caminhadas sobre o gelo fosse menor que o desejo do encontro com o espetacular fenômeno da natureza.

viagem patagonia argentina (1)

A paixão e a urgência me levaram até ele. Consegui chegar lá. Peguei carro, barco, atravessei um bosquezinho e cheguei. Caminhei junto dele por uma hora e meia. Encontrei mais gente apaixonada – sem problema, na velhice ciúme e posse não fazem sentido- uma ousada patota com mais de 50 ou 60 anos. Os guias alcovitaram a paixão e me deram todos os privilégios que precisava para chegar junto do Moreno.

Tive que me despedir mas, como toda paixão, a lembrança vai ficar viva até aparecer outra. Foi assim com os Lençóis Maranhenses, com aquele vulcão chileno, com a vietnamita Baía de Ha Long. Vai ficar o enlevo até a próxima aventura. E a lembrança da sensação de estar viva e jovem vai garantir motivação para seguir buscando outras paixões.

patagonia argentina - marta pessoa trekking

 

trekking viagem patagônia argentina

 

viagem patagonia argentina (2)

 

patagonia argentina

Gostou desse post e quer ver mais histórias como essa viagem à Patagônia Argentina por aqui?

É só deixar um comentário para sabermos o que achou!

Grátis! Quer receber artigos do Mundo Prateado por e-mail?

Por | 2017-07-18T14:18:23+00:00 14/03/2017|10 Comentários

10 Comentários

  1. Angela de Vilar Pessoa Trigueiro 16/03/2017 em 11:33 - Responder

    Lugar fascinante , um show da natureza bela em todo seu esplendor .

  2. Ana Adelaide Peixoto 16/03/2017 em 12:48 - Responder

    Parabéns Marta ! Pela coragem , des-pudor e espírito aventureiro! E que belas fotos! Bjs❤️

  3. Silvana Targino 16/03/2017 em 15:39 - Responder

    Parabéns, prima! Amei o relato! Conhecer novos lugares e novos destinos faz bem a alma e ao corpo! Que venham mais novidades!!

  4. Jahlile 16/03/2017 em 19:24 - Responder

    Marta, menina que maravilha! Amei!❤

  5. Cristina Heim 17/03/2017 em 07:07 - Responder

    Showww!!!! Marta A vida é apaixonante e fantástica !!! Viver e inspirar pessoas é fascinante!!!! Parabéns!!!!!

  6. Gilda Otto 17/03/2017 em 08:27 - Responder

    Martinha eu não esperava nada diferente do que você fez. Você é ousada em tudo que faz e desafia os paradigmas de idade e outras. Gostaria de estar junto, Ainda aguento, kkkkkkkk. Beijo Gilda

  7. Irene Zurborn 17/03/2017 em 09:11 - Responder

    Precioso relato y mensaje! Que ilusión leerte tan apasionada y libre!

  8. Carlos Alberto 30/03/2017 em 09:07 - Responder

    Meus Parabens ! Que viagem, parece filme ! Aliás, fotos lindas ! Parabens ! Carlos Alberto.

  9. Olivia Schneider 30/03/2017 em 09:55 - Responder

    Que lindeza gente!!! Ainda vou pra lá conhecer esse lugar apaixonante!! Sua aventura me inspira!!!

  10. Shiro Kubo 30/03/2017 em 19:39 - Responder

    Parabéns Marta

    Fiquei feliz com a sua narrativa da viagem à Patagônia. Um espetáculo da natureza

    Um enorme e carinhoso abraço

Deixar Um Comentário