140 anos de saudade – Um até logo a Almir Guineto e Belchior

Texto Luiza Morena

Um deles, sambista de raiz com coração ritmado e presença – daquelas inteiras que preenchem cada espacinho do ambiente. O outro, completamente sumido, mas que do mundo dos loucos só carregava na mala a poesia.

Verso, samba, arranjo, prosa, MPB e alma. Pelos caminhos da vida, Almir Guineto teve despedida em ritmo de festa deixando 70 anos de saudade celebrados com samba de virar a noite na quadra do Salgueiro.

Com a mesma idade Belchior se fez fênix e reapareceu justamente com o adeus – talvez para nos lembrar de que “no trevo, a 100 por hora” há uma certa “pressa de viver” – e, enfim, voltou para casa. A saudade do Ceará deve ter aumentado nos últimos anos…

Paradoxal, como eles, o vazio deixado pelos músicos nos trouxe para encher o peito uma discografia de peso e nas últimas semanas os números do Youtube subiram em À Palo Seco, Paralelas, Sujeito de Sorte, Rendição, Mordomia e É, pois é. Já o encontro lá em cima é coisa que do lado de cá ficou apenas na imaginação.

Mas se os últimos anos aqui embaixo foram diferentes para eles em questão de holofotes – enquanto Belchior se encontrava fora da mídia e fugindo da polícia pelas dívidas deixadas à ex-mulher e os compromissos da agenda abandonada desde 2009, Almir, nosso sambista completo, vinha lutando ferozmente contra problemas renais crônicos – lá de cima não importa mais. Um com aviso prévio, muitos encontros, o outro do dia para a noite, enquanto dormia e por causa do coração.

De cativeiro e peito abertos à liberdade deles, no nosso até logo resta apenas saudade. E olha que só para quem ficou houve despedida.

Playlist:

1. Passe Bem, Almir Guineto 2. Chantagem, Almir Guineto 3. Mordomia, Almir Guineto 4. É, pois é 5. A Chave do Perdão, Almir Guineto 6. Como Nossos Pais, Belchior 7. Apenas um Rapaz Latino-americano, Belchior 8. Coração Selvagem, Belchior 9. Tudo Outra Vez, Belchior 10. Paralelas, Belchior 11. Todo Sujo de Batom, Belchior

Grátis! Quer receber artigos do Mundo Prateado por e-mail?

Por | 2017-07-25T09:23:38+00:00 16/05/2017|0 Comentários

Deixar Um Comentário